Image Map

terça-feira, 4 de julho de 2017

"Quem era ela", JP Delaney


Autor(a): JP Delaney
ISBN: 9788551001394
Páginas: 336
Editora: Intrínseca


► ADICIONE À SUA ESTANTE ◄
skoob

• • • 

Titulo bem sugestivo para esse livro cheio de suspense. O livro conta ao mesmo tempo duas historias de duas mulheres com histórico de vida bem parecidos, entrelaçadas por uma casa e uma delas com um destino bem cruel, foi assassinada dentro da mesma.

A casa foi construída por um arquiteto excêntrico, com gosto bem peculiar nas suas construções, que alugava-a por um preço abaixo do mercado e com uma forma bem diferente de escolher seus inquilinos.

Apesar de ter tido algumas poucas pessoas que moraram na casa, nos deparamos apenas com a história de duas moradoras que conseguiram passar mais tempo lá e são de fato as mais importantes para o livro, que são a Emma (antes) e Jane (depois), sempre em paralelo. Com isso o livro nos dá uma impressão de continuidade que se fosse lido como duas historias separadas provavelmente não iria dar certo.

Mas o mais interessante do desenrolar de tudo isso, é saber como se deu a morte de Emma, que logo após um assalto a sua casa somado a um estupro, mudou-se para a Folgate nº 1 (a casa citada anteriormente) com o marido Simon para recomeçar a vida. Mas a relação do casal não durou muito tempo, pois Emma se apaixonou pelo arquiteto excêntrico Edward Monkford e daí tudo começou a se desenrolar e a relação com o arquiteto começar a ficar esquisita devido a esses gostos peculiares e não demorou muito até que Emma fosse achada morta.

Tentando descobrir o que a esperava, visto que descobriu a morte da antiga inquilina, Jane começa a investigar o caso e descobre que existiram mais coisas na história que levou a morte de Emma do que ela podia imaginar e que poderia estar correndo perigo, especialmente por estar carregando no ventre o filho do arquiteto (sim, ele se relacionou também com Jane).

Com uma leitura bem fluida, me deixou bastante curiosa para saber o que aconteceu com Emma mesmo que no fim tenha achado que tudo aconteceu rápido demais, mas ainda sim fez tudo fazer muito sentido. Provavelmente muitos irão achar bem clichê, mas é uma leitura muito interessante pra quem gosta do gênero, que vale a pena ler e gostaria muito que tivesse um filme, porque gostaria muito de poder visualizar a casa.


0 Comments:

Postar um comentário