Image Map

terça-feira, 19 de julho de 2016

"Butcher's Crossing", John Williams


Autor(a): John Williams
ISBN: 9788567861111
Páginas: 336
Editora: Rádio Londres

► ADICIONE À SUA ESTANTE ◄
skoob

• • •
Em meio à passividade de apenas escutar e tentar compreender; a faculdade, para Will Andrews, perdeu seu sentido. Sabendo de um conhecido do seu pai, que foi tentar a sorte em Butcher's Crossing, Will pegou suas coisas e foi em busca de McDonald. Ele se deparou com uma pequena cidade movimentada, principalmente, por caçadores de búfalos. 

Ansiando fazer algo por si mesmo, Andrews se junta à um experiente caçador para ir atrás de uma grande manada que ele avistou há quase uma década.

Butcher's Crossing possui uma narrativa lenta e descritiva que, em muitos momentos criaram belíssimas imagens em minha mente - como o movimento de uma grande massa negra, no fundo de um vale, representada por milhares de búfalos - que me fizeram diminuir meu ritmo de leitura ou até mesmo parar um pouco para saborear mais o cenário. São momentos de reflexão e vislumbre que os personagens se depararam ao encarar de frente a natureza. Em outras partes, não sei se isso reflete uma experiência muito particular minha, ou se foi a intensão do autor, mas a lentidão narrativa se tornou tão massante pra mim que beirou o insuportável. Questiono se o incômodo foi intencional pelo momento coincidir, em sua maior parte, quando os próprios personagens estavam num momento "parecido".



O arco narrativo dos personagens foi o que mais me fascinou. Essa sensação de incômodo que tive na metade do livro foi se dissolvendo na medida que fui chegado ao desfecho. Ao me deparar com o destino dos personagens; ao sentir, como eles estavam percebendo o peso da mudança; a dissolução foi quase imediata. Me pareceu, quase necessário, vivenciar um momento "ruim" para depois refletir sobre tudo o que se passou. O crescimento pessoal foi, para mim, bastante tátil; não só neles, mas a cidade toda pareceu denunciar tal mudança.

Um livro para se ir com calma. Apesar da fluidez da leitura - que para mim desapareceu no meio do livro para voltar no final - esta não é uma prosa para ser devorada ávidamente. Demandará tempo, mas um tempo que no final deixa um gosto de satisfação.



0 Comments:

Postar um comentário