Image Map

segunda-feira, 28 de setembro de 2015

"Entrelinhas", Tammara Webber

Autor(a): Tammara Webber
Série: Entrelinhas #01
Páginas: 347
ISBN: 9788576863861
Editora: Verus

► ADICIONE À SUA ESTANTE ◄
skoob

• • •
Eu adorei os dois livros anteriores da Tammara Webber. Tanto Easy quanto Breakable foram meus queridinhos e estava com muita expectativa para Entrelinhas, que foi um dos primeiros livros da autora.

Emma é uma atriz adolescente que ainda não teve nenhum grande papel e sua grande chance chega ao passar pelo teste de um versão contemporânea de "Orgulho e preconceito" e contracenar com Reid, um dos atores mais famosos do momento. Reid, por sua vez, não imaginava que sua nova colega de trabalho teria uma química tão grande com ele. Admirado com a ligação entre eles, Reid vai tentar fazer de Emma sua mais nova conquista, ele só não contava que outra pessoa também despertasse o interesse dela. 

A narrativa da Tammara Webber é daquelas que me faz ler o livro muito rápido de tão apegada que fico com sua forma de contar a história. Em Entrelinhas foi justamente o que me cativou: a facilidade que fiquei empolgada com os acontecimentos e como ela tenta construir tudo com calma e de modo que os acontecimentos pareçam críveis para o leitor, principalmente quando trata da vida familiar de Reid e Emma e como é diferente a forma que eles lidam com isso. Enquanto ele aproveita a fama ao máximo e curte todas as festas possíveis, ficando o máximo de tempo longe de casa, Emma geralmente se cala e acaba fazendo tudo que seu pai e madrasta mandam. 

Ouso dizer que o maior trunfo do livro é não ser óbvio. Sabe quando você imagina como tudo vai acontecer e mesmo que metade do livro te deixe com dúvidas, ainda sim pensa que sabe o final? Bem, Entrelinhas é assim. A Tammara nos surpreende de forma bem corajosa, pelo menos eu achei que ficou bem diferente de outros livros que abordam esse tipo de assunto. 

O livro só não foi melhor para mim porque não consegui me cativar por nenhum dos personagens. Os capítulos são divididos entre Emma e Reid, numa narrativa em primeira pessoa que deveria te aproximar deles, mas não funcionou comigo, principalmente quando se trata do Reid. Não sei se a personalidade dele ou o pouco destaque em relação a Emma me fez gostar menos, mas a verdade é que foi difícil entender porque era um dos protagonistas. Espero que isso mude nos próximos livros da série, porque neste primeiro ele pouco me agradou, por mais verídico que o personagem fosse. 

Imagino que essa falta de ligação que senti em relação aos personagens tem muito a ver com a falta de maturidade deles. Emma é a que ainda ensaia um amadurecimento, mas praticamente todos os outros são bem inconsequentes e a Tammara não deu um desenvolvimento para eles como fez com seus personagens em Easy, por exemplo.

É uma história que diverte e é bem legal de acompanhar, embora não tenha o mesmo carisma que seus livros lançados anteriormente e quem, como eu, cometer o erro de esperar algo parecido em Entrelinhas vai se decepcionar um pouco. Ainda sim, o livro vale a pena e te deixa curioso sobre as escolhas feitas pelos personagens e ansioso para ler o próximo livro da série.



0 Comments:

Postar um comentário