Image Map

sexta-feira, 10 de abril de 2015

"O Sétimo Filho", Joseph Delaney

Autor(a): Joseph Delaney
Páginas: 512
ISBN: 9788528620153
Editora: Bertrand Brasil


► ADICIONE À SUA ESTANTE ◄
skoob

• • •
O sétimo filho é o nome do primeiro filme realizado para a série "As aventuras do caça-feitiços" e a editora Bertrand lançou o livro de mesmo nome onde estão reunidos os dois primeiros volumes da série: "O aprendiz" e "A maldição", e foram justamente nesses volumes que o filme se baseia.

 Na primeira parte, "O aprendiz", vamos ver como Tom Ward se tornou aprendiz de Gregory, o atual caça-feitiços. Como um sétimo filho de um sétimo filho, foi natural para sua família, que não dispõe de grande riqueza, que Tom fosse treinado para se tornar um caça-feitiços e ele tem habilidade para o serviço, como vamos perceber lendo "A maldição", segunda parte de "O sétimo filho".

A sinopse não desperta, inicialmente, muita curiosidade. É fato que alguns de seus pontos mais marcantes possam fazer com que o leitor ache semelhanças em tantos outros livros voltados para esta faixa etária e com a temática parecida: deixar de lado sua casa, ser um “escolhido”, ver o crescimento dessa pessoa tão esperada conforme sua jornada avança e os obstáculos se tornam ainda mais difíceis que o anterior. Acontece tudo isso. Então, qual seria seu diferencial?

 Para mim, o fato de Tom já conhecer, mesmo que pouco, o dia a dia do caça - feitiço é uma grande sacada. Afinal, esse é um trabalho reconhecido em todos os condados e temido na mesma proporção. Mesmo não sabendo detalhes, Tom tem uma noção do que o espera (ao contrário de Harry Potter e Percy Jackson, por exemplo). Já desconfiamos que Tom seja especial por conta de algumas coisas que sua mãe fala e que ele sente, mas o autor não nos entrega como e o porque dele ser diferente.

Uma das coisas que mais gostei no personagem, é que ele tem alguns defeitos bastante comuns, principalmente quando se trata do medo. Ele pensa sim em deixar tudo para lá, desistir de sua jornada, voltar para casa, mas ele tenta e consegue vencer sua própria relutância em seguir em frente e a mãe dele dá os puxões certos de orelha quando necessário.  Ele também é muito curioso e tem problemas em obedecer seu mestre.

Os personagens, por sinal, são bem misteriosos: a mãe do Tom é uma caixinha de surpresas, o Gregory tem um passado meu conturbado e não se sabe exatamente o que aconteceu e a Alice é um coringa - nunca sabemos em que lado ela realmente está, além do dela mesma, claro.

Gostei do livro e quero ler a continuação (se não estou enganada, tem 12 volumes!). A narrativa do Joseph Delaney é boa e constante, seu enredo não tem grandes reviravoltas, mas preza pelos detalhes sem enrolar e fecha bem cada volume, sendo o segundo mais interessante que o primeiro.


0 Comments:

Postar um comentário