Image Map

sexta-feira, 6 de março de 2015

Selma – Uma Luta Pela Igualdade


Martin Luther King Jr. foi um homem de grande impacto na luta pelos direitos humanos, mais especificamente os direitos dos negros. Muito se escuta falar sobre este homem que praticamente se tornou um mito e, qualquer filme que se faça que o tenha como personagem principal, provavelmente chamará atenção. Só que se engana quem pensa que Selma é um filme sobre o ganhador do Prêmio Nobel. Selma fala sobre a luta dos negros americanos pelo direito ao voto e da importância de Martin nessa luta. Selma também mostra a influência dos políticos brancos nesse processo, de maneira positiva e negativa.


É impressionante ver que um direito tão básico era negado a tanta gente e há tão pouco tempo. E é interessante que o bom roteiro do filme tenha sido escrito por um homem branco, sendo o filme dirigido por uma negra que, esperamos todos, continue com o ótimo trabalho. Porque as escolhas de direção da Ava DuVernay são muito boas.

Diferente de muitos filmes que falam sobre os negros e suas dificuldades nos EUA, em Selma vemos os negros lutando pelos negros. E mesmo quando os brancos ajudam, o protagonismo não é deles. Porque por mais bonitos que certos filmes sejam, a situação dos negros – que ainda tem muito a melhorar – não mudou porque alguém de pele branca milagrosamente os “libertou”.

Selma questiona a moralidade, o medo de perder o poder para quem sempre foi subjugado. O filme fala de, nas suas mais variadas formas. E tudo isso tem impacto profundo por conta da já citada direção e do roteiro competente. Além disso o filme conta com a excelente interpretação de David Oyelowo, que dá vida a um Martin Luther King estrategista e que pensa antes de falar, um homem constantemente preocupado e que pouco sorri, mas que inspira com seus discursos cheios de fé. Os coadjuvantes também estão ótimos. Tom Wilkinson, como é comum, digno de nota ao interpretar o presidente dos EUA.

A trilha sonora que ajuda a compor o filme faz com que cada momento desperte diferentes emoções em quem assiste. Cria um clima que combina com o filme e ainda nos permite ouvir realmente belas canções.

Selma é um filme com um discurso pronto, mas necessário. As lutas de um povo não devem ser esquecidas. E o protagonismo desse povo não deve ser colocado de lado através de um discurso que faz com que o opressor pareça o mocinho. Com bom elenco, boa direção, bom roteiro, boa trilha sonora. Selma deve ser visto.


0 Comments:

Postar um comentário