Image Map

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

"Ladrão de Almas", Alma Katsu

Título original: The Taker
Série: Taker #1
Autor(a): Alma Katsu
Páginas: 334
ISBN: 9788581632865 
Editora: Novo Conceito 

► ADICIONE À SUA ESTANTE ◄
skoob

• • •

Inicialmente o livro conta a história de Luke, médico que está trabalhando no turno da noite, no estado do Maine, esperando apenas problemas relacionados ao frio (já que a cidade em que mora é um lugar bastante frio), até que encontraram Lanore Mcllvrae no meio da rua, ensanguentada, suspeitando de que ela tivesse assassinado alguém.

A sós, ela e Luke começam a conversar e Lanore consegue convencê-lo de ajudá-la a fugir e, enquanto fogem, ela conta sobre sua vida naquela cidade há séculos atrás quando morava com sua família simples e de como era apaixonada pelo galã da cidade, e melhor amigo, Jonathan - que a engravidara, fazendo com que sua família a mandasse à Boston para que a cidade não soubesse do escândalo.

Em Boston é que a história começa a ficar verdadeiramente interessante. Ela fica vagando pela cidade até que Adair a encontra e a leva para a sua casa, dando a ela a vida eterna. Mas como nada é de graça, ela tem que ir atrás de Jonathan e traze-lo para Adair.

As festas que eram proporcionadas por Adair me encantaram. Como tenho uma imaginação fértil, imaginava aquelas festas do século IX com aquelas roupas e máscaras e com direito a muita bebida e sacanagem nível Sade, mas acho que não era bem o caso, já que não é bem o público alvo da autora.

A história se desenrola e após Jonathan chegar na cidade e ser transformado em imortal o casal foge, mas rompem a união, reencontrando-se anos depois e trazendo ao livro um romance não tão perfeito quanto muitos esperam. E pra piorar ele faz pedido a Lanore para que ela o transforme em mortal novamente, deixando-a louca. 

Estou curiosa para ler o segundo e não imaginava que ele fosse me trazer tanta surpresa, visto que a história não me atraiu tanto no início. Mas mesmo assim é de uma escrita leve e viciante. Outra coisa que me encantou é que o livro tem dois tempos: o passado em que ela conta a história da vida antes de Lanore voltar à sua cidade e o presente.

Mesmo sendo um livro que não faz tanto meu estilo, ele é viciante e não consegui soltar. Uma coisa que me deixou com muita curiosidade durante o livro foi ver, de fato, o que acontecia na casa de Adair em suas festas suntuosas, que deram a ideia de uma coisa meio vampiresca.


0 Comments:

Postar um comentário