Image Map

quinta-feira, 31 de julho de 2014

"Um dia", David Nicholls

Título original: One Day
Autor(a): David Nicholls
Páginas: 416
ISBN: 9788580570458 
Editora: Intrínseca 

► ADICIONE À SUA ESTANTE ◄
skoob

• • •

O dia 15 de julho de 1988 foi marcante na vida de Dexter e Emma. É o dia seguinte à sua formatura, ambos estão deitados, depois de passarem a noite juntos, e começam a conversar o que foi estarem juntos nesse momento, já que nunca tinham se falado direito durante toda a faculdade. O que será do futuro de ambos? Seus anseios e desejos para sua vida profissional... o que está pela frente são possibilidades a serem escolhidas, e são essas tomadas de decisão que iremos acompanhar.

Sempre na mesma data, 15 de julho, saberemos como Emma e Dexter estão vivendo suas vidas. A cada capítulo estaremos em um ano diferente, de 1988 até 2008

Mesmo lendo sobre a vida deles em apenas um dia, David Nicholls conseguiu não deixar a história fragmentada. A forma como os personagens se relacionam com as pessoas a sua volta, conversam entre si, e expõem seus pensamentos, conseguimos costurar o que aconteceu durante o ano.

É inegável a profundidade que o autor deu a seus personagens. Dexter e Emma são tão diferentes e se complementam tão bem, que essa frase se torna estranha.

Na minha visão, Dexter é aquele sujeito que vai levando a vida pelo momento, e até certo ponto, as coisas caem em seu colo, sem ter que se preocupar muito. O tipo que não lida muito com suas questões, escondendo-as embaixo do tapete até o dia que tropeça e espalha tudo. Emma se mostra mais pé no chão, firme com o que almeja para seu futuro, perceptiva ao que está em sua volta; ela reflete mais sobre seus atos, mesmo que seja depois que o faz, e as vezes é tarde de mais. 

Um livro sobre os encontros e desencontros da vida; sobre valores, e principalmente sobre o tempo. Duas pessoas, recém-saídas da faculdade, com todas as convicções de um jovem, com suas certezas, e o tempo ao seu favor. Sempre seremos nós mesmos... com as mesmas crenças, valores, amizades e amores?

David Nicholls tem uma escrita fluida, personagens cativantes e verossímeis, que crescem ao longo de sua narrativa. Depois de muito tempo prometendo um dia ler esse livro, gostei de finalmente ter realizado a sua leitura.

0 Comments:

Postar um comentário