Image Map

segunda-feira, 19 de maio de 2014

"Um Litro de Lágrimas", Kitou Aya

Título original: Ichi Rittoru no Namida
Autor(a): Kitou Aya
Páginas: 200
ISBN: 9788560647606 
Editora: NewPOP 

► ADICIONE À SUA ESTANTE ◄
skoob

• • •
O livro é uma história real baseado no diário de Kito Aya, que descobre, aos 15 anos, ter uma doença degenerativa que aos poucos afeta seu equilíbrio e sua mobilidade. Como indicação de sua médica, ela começar a escrever o diário, contando as coisas que acontecem no seu dia a dia e como as dificuldades criadas pela doença tornam difíceis de fazer as coisas mais básicas.

O livro trata das passagens mais importantes e as que melhor retratam a doença. Acompanhamos a descoberta, a mudança de hábitos diários e como os sentimentos dela oscilam na luta contra uma doença que vai lhe tirando a oportunidade de fazer as coisas que mais gosta.

Sua esperança é constante. Até um certo momento, ela acha que vai ser curada e que voltará a sua rotina normal. Foi meio doloroso ler essas partes já que sabemos de antemão que não tem cura, mas ao mesmo tempo, foi bastante positivo porque ela não se dava por vencida e tinha muita força de vontade. Essa é a grande lição que o livro passa. Aya, como qualquer pessoa que tem uma doença tão severa, tem seus momentos de fraqueza, principalmente quando lida com a falta de sensibilidade das pessoas, mas sempre se decide por tentar o seu melhor.

Como o livro é formado por trechos do diário, não tem como avaliar a narrativa, já que ela não escrevia com a finalidade de publicá-lo, mas o tom pessoal utilizado me agradou e foi um dos fatores que ajudou a me envolver com a história. Outro ponto positivo, é que no final do livro também é possível ler um relato tanto da médica que acompanhou a maior parte do tratamento da Aya assim como os pensamentos da mãe. Esses dois pontos de vista são muito bons de acompanhar, pois mostram também como os percalços da Aya influenciaram a vida das duas.

A história foi adaptada para mangá e também na forma de seriado (dorama, o qual ainda estou evitando porque sei que vou chorar bastante). O mangá eu já li e gostei, mas como não poderia deixar de ser, o livro me emocionou mais. Para quem gosta de histórias reais, drama e não tem medo de se emocionar (e ficar desidratado), 1 litro de lágrimas é uma ótima pedida.

0 Comments:

Postar um comentário