Image Map

quinta-feira, 1 de maio de 2014

"Nada", Janne Teller

Título original: Intet
Autor(a): Janne Teller
Páginas: 128
ISBN: 9788501096685 
Editora: Record 

► ADICIONE À SUA ESTANTE ◄
skoob

• • •

Pierre Anthorn percebeu que nada importa, mas disso ele já tinha conhecimento há algum tempo. Então, se nada importa, porque temos que fazer alguma coisa na vida? 

Numa manhã no primeiro dia de aula, Pierre Anthorn surpreende a todos os seus colegas com este questionamento filosófico. Convencido que nada importa e que não há nada a ser feito para mudar isso, o garoto sobe em uma árvore e de lá não sairá até que provem o significado. Seus colegas de classe ficam altamente irritados com as provocações do garoto sobre a falta de significado (mesmo que para eles isso não tenha sentido algum), e resolvem mostrar ao garoto o significado construindo uma pilha de coisas que tenham significados para cada um deles. A tentativa dos garotos em descobrir o sentido da vida, ou de dar algum valor àquilo que eles entendem por importante, acaba transformando-se em um momento único na vida de todos aqueles que se envolveram na busca pelo significado. 

Ganhei esse livro de presente de amigo secreto, assim que li a sinopse percebi porque meu amigo secreto havia escolhido aquele livro para me presentear. Fiquei bastante curioso, o título chama logo atenção: “NADA”, e não aguentei esperar nenhum segundo a mais para ler. Em uma sentada, numa tarde ensolarada li este livro que entrou para a lista de melhores livros que já li. 

Nada” tem uma questão filosófica bastante pertinente, por isso a fácil identificação com a leitura, porém ela se torna mais interessante ainda ao colocar crianças se deparando com uma grande pergunta, que muitos adultos se batem para conseguir uma resposta. “Qual o sentido da vida?”. Cada um desses personagens, ao se confrontar com essa questão, busca formas de encontrar o significado de viver, cada uma delas objetifica essa resposta e vão construindo uma pilha de significados. É incrível ver como para cada um a vida se resume a uma coisa diferente, que pode ir desde um simples sapato novo para usar no verão até mesmo a perda de sua inocência. Cada criança, ao achar o seu significado, acaba perdendo-o de alguma forma, e no fim elas descobrem muito sobre suas próprias vidas e, claro, sobre o significado. 

Ao finalizar a leitura, fiquei sem palavras. Em verdadeiro estado de choque. “Nada” consegue te deixar preso até depois que você finaliza a leitura. Vale muito a pena, não se deixe enganar pela capa do livro, que é bastante sem graça. Boa leitura!

0 Comments:

Postar um comentário